Sabe como começou a tradição da Páscoa?

A Baby Sisters sabe que a Páscoa é uma época muito importante para todas as famílias. Muito mais do que uma festa com significado para muitas religiões, a Páscoa é sobretudo uma altura de reunião das famílias.

Com a pandemia de COVID-19 ficámos privados de estar com as pessoas de quem mais gostamos e as nossas reuniões familiares viram-se restringidas a um número muito pequeno de pessoas.  Como é que neste ano diferente, iremos transmitir o espírito da Páscoa aos nossos filhos?

Nós sabemos como é difícil gerir filhos durante as férias sem ceder a “apoios” como televisão e videojogos. A pensar nos pais e nas suas dificuldades, durante esta semana vamos deixar-lhe algumas dicas e estratégias para fazer com os seus filhos durante estas férias da Páscoa.

 Comece por explicar aos seus filhos como surgiu a Páscoa!

A palavra Páscoa tem origem no hebraico “pesah” o que significa passagem. Para os povos antigos referia-se à passagem do Inverno para a Primavera. Hoje em dia para os Cristãos esta época simboliza a morte e ressurreição de Jesus. Por outro lado, na Idade Média, os povos pagãos europeus homenageavam a Deusa Ostera ou Esther surgiu assim o termo em inglês Easter. Esta Deusa simboliza a fertilidade e é sempre representada com um ovo na mão e coelhos ao pé de si.

E o Coelhinho da Páscoa? Como surgiu?

Antigamente o coelho era utilizado para representar a primavera e a fertilidade. Como os coelhos se reproduzirem rapidamente e em grandes quantidades este animal foi asssim associado às tradições de civilizações antigas e cristãs. Por esta razão o coelho é o símbolo desta época!

E os Ovos da Páscoa? Sabe como surgiu esta tradição?

O ovo simboliza o começo de uma nova vida, por isso é o símbolo desta época também. Sabia que antigamente era costume oferecer ovos aos amigos para lhes desejar uma vida feliz?

Estes povos comemoravam a chegada da primavera decorando ovos. O costume de decorá-los para oferecer na Páscoa surgiu em Inglaterra, no século X, durante o reinado de Eduardo I, este rei tinha o hábito de banhar ovos em ouro e oferecê-los. Assim começou esta tradição que simboliza tanto e que é celebrada no nosso país por todas as famílias.

Veja o nosso Facebook e o nosso Instagram para saber mais sobre as nossas iniciativas para esta época!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *